Indústria de Automóveis (controle de produção)

Construindo carros de um jeito melhor na Opel

por Gerhard Timme, Euro Identifikationssysteme GmbH

A Opel Corporation implementou o sistema TROVAN RFID em sua fábrica de chassis na Alemanha, para monitorar a qualidade do produto e introduzir eficiência ao processo. Essa aplicação é um exemplo de implementação bem sucedida do sistema TROVAN em condições ambientais marginais e problemáticas.

A fábrica da Opel onde o sistema TROVAN está sendo implementado é uma das maiores fábricas de automóveis da Europa. Duas linhas de montagem paralelas produzem cerca de 1600 veículos por dia. As linhas de produção não são dedicadas a um único modelo. Mais exatamente, ambas as linhas de montagem produzem automóveis dos modelos Astra e Vectra, bem como veículos com direção à esquerda ou à direita, de forma mista. Como resultado, é feito o melhor uso dos bens de capital da fábrica, mas a consequência é que deve haver um sistema de controle muito bem desenvolvido para assegurar que as peças corretas são montadas nos chassis corretos.

Os módulos dos pára-brisas são introduzidos na linha de montagem por um sistema carregador simples (tipo gôndola). Nos transportadores desses produtos (gôndolas vermelhas), as respectivas peças são fixadas (construção azul). Elas são bastante parecidas, mas diferem de acordo com o modelo do veículo ao qual são destinadas por seu acabamento, e também de acordo com as exigências dos países aos quais os veículos serão enviados. Diferenciá-las visualmente é bastante difícil.

Para assegurar identificação positiva nesse ambiente industrial, a Opel realizou exaustivos testes com vários sistemas de identificação e por fim decidiu usar o sistema de transponder passivo TROVAN. A Opel escolheu o sistema TROVAN devido às suas características superiores, ambientais e de desempenho: especificamente, o modelo compacto porém extremamente resistente dos transponders e a execução em escala industrial dos sistemas de leitura, e devido aos resultados de confiabilidade inigualável da tecnologia de transmissão de meia frequência PSK (phase shift keying) exclusiva da TROVAN, e a um sistema que funciona mesmo em áreas de interferência eletromagnética (EMI) extremamente alta.

Embora o transponder esteja fixado diretamente em metal e os leitores estejam localizados próximos a linhas de montagem onde são feitas soldagens, identificação positiva (maior que 99,9%) é garantida a um alcance de leitura de mais de 10 cm, enquanto a linha de montagem está em movimento contínuo.

Os testes realizados na fábrica mostraram que mesmo se os sistemas de comunicação via walkie-talkie e radio frequência utilizados na fábrica fossem dirigidos diretamente ao leitor (a antena de um transmissor móvel foi mantida junto à antena de painel EUR-3020) seriam lidos 100% dos códigos de ID dos transponders. O uso do sistema de transponder TROVAN assegura que o carrinho correto, com as peças corretas, esteja no lugar certo e na hora certa. O uso de peças incorretas é eliminado. O resultado é um sistema sem erros, que é uma melhora significativa quanto às soluções de controle de qualidade anteriores. É garantida uma fabricação de veículos livre de problemas. Não há tempo ocioso e não se perde tempo reequipando linhas de montagem para acomodar outros modelos de veículo. Como resultado, o rendimento da linha de montagem é melhorado. O sistema funciona sem erros até mesmo nos ambientes mais desafiadores em termos de interferência eletromagnética.